No mês de maio de 2017, dois casais em passeio na Argentina foram vitimados em acidente de trânsito, provocado por um caminhão de uma transportadora local. Após a morte dos turistas brasileiros, os filhos dos mesmos contrataram o escritório  Cortez&Gonçalves Advogados Associados para fins de pleitear ação indenizatória contra a empresa de transportes argentina.

Os Advogados Dr. Frederico Cortez e Dr. Erivelto Gonçalves, em parceria com a Advogada Dra. Liziana Andrea Amaran Rubim na Argentina,  acionaram a seguradora para fins da quitação do seguro para os herdeiros das vítimas fatais do acidente.

Em primeira rodada de negociação, a seguradora propôs um valor abaixo do perfil dos falecidos, uma vez que eram pessoas de nível cultural e financeiro destacados. No caso, os três advogados enfatizaram para a seguradora a ausência da excludente de culpabilidade no acidente, tendo sido provado que o motorista do caminhão foi negligente no seu trabalho ao guiar o caminhão.

Sendo todos os herdeiros maiores de idade, restou cabível a condenação pelo dano moral em razão da omissão do motorista da transportadora em não guiar o veículo com a cautela devida e exigida.

Por fim, após duas reuniões, chegou-se no acordo em mesa de negociação a ser pago pela seguradora no valor de $ 2.750.000,00 (dois milhões, setecentos e cinquenta mil pesos argentinos) para os filhos dos turistas mortos. Toda o processamento da mediação internacional, desde o ajuizamento até a quitação dos valores, durou dez meses.

 

Cortez&Gonçalves Advogados Associados

Dr. Frederico Cortez-Sócio

Dr. Erivelto Gonçalves – Sócio