Ao colocarmos as imagens e fatos das cidades de Fortaleza e a hipotética Gotham City, vamos identificar um ponto em comum, qual seja: violência escalada por toda a cidade!

Então, no primeiro filme do Batman, a cidade cinematográfica de Gotham City estava sitiada pela bandidagem de todas as espécies, onde os cidadãos de bem encontravam-se acuados sem seus lares e sem perspectivas de melhora na segurança pública. Dèjá vu?

Sim! Isso mesmo, Fortaleza nos últimos 10 anos se tornou uma das cidades mais perigosas para se viver, afastando turistas, empresários e comerciantes, acarretando assim uma queda nos investimentos pelo setor privado. No mais, os lares parecem mais uns presídios, com câmeras de vigilância eletrônica, cercas elétricas, cachorros de guarda e vigilância privada, e nem assim, acreditem, tem afastado os criminosos.

Voltando, ao filme do homem morcego, o que trouxe a esperança para a população de Gotham City? Uma figura emblemática, diferente de tudo o que se já viu em termos de combate à criminalidade: um homem de preto, que sem a devida roupagem aparenta ser um homem comum, sem grande expressividade física, todavia dotado de coragem, sagacidade e valentia.

Dèjá vu novamente, sim! O Ceará agora tem o seu Bruce Wayne, ou melhor, tem o delegado André Costa, que desde que assumiu a pasta da Segurança Pública do Ceará vem adotando um estilo de trabalho totalmente diverso do que os demais até então vinham fazendo. O nosso “homem de preto” vem combatendo os crimes de forma pessoal, coordenando blitze, buscas e indo a campo, imprimindo operações ao estilo da polícia federal com os nomes emblemáticos, tais como: Operação Cartão de Visita; Operação Passageiro Seguro e não temendo nem em dizer aos quatro pontos colaterais a sua frase emblemática: “bandido terá justiça ou cemitério”.

Dessa forma, o nosso “Batman” também voa, tem carro especial, anda com armas na cintura. A população cearense abraçou o delegado Dr. André Costa como a pessoa certa, no lugar certo, apesar da hora atrasada! Nas redes sociais, inúmeras são as declarações de apoio de diversos segmentos da sociedade, apesar de ter um parco número de entidades e órgãos que são contrários ao seu estilo de trabalho, números insignificantes em relação aos #NOSAPOIAMOSANDRECOSTA, #NÓSSOMOSANDRÉCOSTA, #NOSAPOIAMOSOSCRETÁRIO.

Enfim, a diferença entre nosso “Batman” e o homem morcego de Gothan City é que o Dr. André Costa não usa máscara, não teme em dizer a que, pra que veio, ou seja, não veio a passeio para trabalhar ou para ficar bonito no filme aqui no Ceará no cargo de secretário de Segurança Pública e, sim, para dar uma mensagem de esperança e alento para essa sociedade alencarina que já chora há anos por seus entes queridos aniquilados e patrimônio dilapidados pelo crime.

*Frederico Cortez- Advogado
Cortez&Gonçalves Advogados Associados.
www.cortezegoncalves.adv.br

Este artigo também foi publicado no Blog do Eliomar em 05/02/2017 sob o título: Delegado André Costa: o Bruce Wayne do Ceará.

Você talvez queira ler também: